Dar e receber o perdão


Dar e receber perdão
Procura reconciliar-te com teu adversário, enquanto ele caminha contigo para o tribunal. Senão o teu adversário te entregará ao juiz, o juiz te entregará ao oficial de justiça, e tu será jogado na prisão.”
Há pessoas que perdoam mais facilmente que outras, mas dar e receber o perdão é uma obrigação de fé para quem é cristão e uma questão de inteligência para quem não quer sofrer além do inevitável.
Sim, é possível perdoar. Nem sempre é fácil e há casos muito, muito difíceis, mas até mesmo esses, são possíveis.
Quem nos deu o exemplo de perdão foi Jesus Cristo nosso Senhor. Ele que, inocente, recebeu na carne a condenação do mundo inteiro e, no entanto, nos perdoava…
Recebemos o espírito Santo para conseguirmos realizar essa tarefa tão árdua.
A libertação que o perdão traz é impressionante! Ele é uma das faces do amor e por isso, negar o perdão é negar o amor e a própria salvação.
Perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.”
Mas o avanço que Jesu trouxe foi muito além do que a justiça que a Lei trazia…
A questão do amor entre as pessoas que era limitada no extremo mais irrevogável, Jesus passa para o extremo mais acessível. Antes se ai ao tribunal quando se matava alguém, o critério de limite era irrevogável: a morte.
Agora pode-se ir ao tribunal por muito menos… O que significa que o amor agora está nivelando as coisas no mais alto nível.
Antes, eu não poderia ser condenado se simplesmente não gostasse de alguém ou o tratasse mal, mas se cometesse homicídio, sim. Agora não é necessário chegar ao homicídio para ser réu contra o amor, basta tratar mal, falar mal. Compreende-se não uma dureza maior de Jesus com relação a Lei, não é essa a ótica; percebe-se que a pessoa ganhou mais importância que a Lei, e se eu perdoar, não cometerei homicídio e ainda, se o perdão começar das pequenas coisas, farei mais amigos, revogando contra eles uma sentença que poderia nos condenar.
Leia o trecho em Mt 5, 21-26
Na Bíblia cnbb página 1205-1206
Título: Não cometer homicídio
Promessas
Mt 5, 22.26
Ora, eu vos digo: todo aquele que tratar seu irmão com raiva deverá responder no tribunal; quem disser ao seu irmão ‘imbecil’ deverá responder perante o Sinédrio; quem chamar seu irmão de louco, poderá ser condenado ao fogo do inferno.”
Em verdade te digo: dali não sairás enquanto não pagares o último centavo.”
Ordens
Mt 5, 21.23-25
Ouvistes o que foi dito aos antigos: não cometerás homicídio! Quem cometer homicídio deverá responder no tribunal.”
Portanto, quando estiveres levando a tua oferenda ao altar e, te lembrares que teu irmão tem algo contra ti, deixa a tua oferenda sobre o altar e vai primeiro reconciliar-te com teu irmão. Só então, vai apresentar a tua oferenda.
Procura reconciliar-te com teu adversário, enquanto ele caminha contigo para o tribunal. Procura reconciliar-te com teu adversário, enquanto ele caminha contigo para o tribunal. Senão o teu adversário te entregará ao juiz, o juiz te entregará ao oficial de justiça, e tu será jogado na prisão.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário